segunda-feira, 22 de agosto de 2011

UNAEE II


A inclusão de crianças surdas mudas

As pessoas com surdez enfrentam inúmeras dificuldades para participarem da educação escolar, decorrentes da perda da audição e da forma como se estruturam as propostas educacionais das escolas. O aluno com surdez pode ser prejudicados pela falta de estímulos adequados ao seu potencial cognitivo, sócio-afetivo, lingüístico e político-cultural e ter perdas consideráveis no desenvolvi mento da aprendizagem.

Em 2010 a Secretaria Municipal de Educação adotou o Atendimento Educacional Especializado nas salas de recursos multifuncionais em turno oposto ao freqüentado nas turmas comuns pelos alunos da rede municipal de ensino, além da contratação de um Intérprete de Libras e com isso os alunos com surdez incluídos na rede regular passaram a ter um atendimento próximo do que eles precisam, buscando meios para beneficiar sua participação e aprendizagem também em sala de aula.

Nesse ano de 2011 os atendimentos acontecem na Unidade de Atendimento Educacional Especializado – UNAEE como sempre em turno oposto as aulas na rede regular. O Intérprete de libras realiza um trabalho de socialização nas escolas onde estudam os alunos surdos e dessa forma os colegas de classe e professor aprendem também um pouco da língua materna do surdo “LIBRAS” diminuindo assim a barreira da comunicação entre eles.

O professor /Intérprete de Libras também auxilia na avaliação pedagógica dos alunos com surdez, tendo em vista que não se pode avaliar um aluno surdo da mesma forma que se avalia um aluno ouvinte. Incluir para transformar esse é o nosso pensamento.

Por: Mariel Cana Brasil de Santana

Professor / Intérprete de Libras

Um comentário:

  1. Antonio Ribeiro de souza26 de agosto de 2011 21:16

    Maravilhoso esse trabalho,é a cidade de São Felix avançando na educação de qualidade para todos.

    ResponderExcluir